Filtros
COVID-19 Vacinação
Doses Aplicadas

Grupos Prioritários já convocados para a vacinação: Pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas - 156.878 (100%); Pessoas com Deficiência Institucionalizadas - 6.472 (100%); Povos Indígenas – 417.576 (100%); Trabalhadores da Saúde - 6.649.307 (81% = 5.385.938), parcialmente; Pessoas de 85 anos ou mais – 2.193.821 (100%); Pessoas de 80 a 84 anos – 2.247.225 (24% = 544.787), destaca-se que os Estados do Amazonas e Acre já receberam doses para vacinar 100% dessa população, Rondônia recebeu 78%, Pará recebeu 75%, Amapá e Tocantins receberam 26% e as demais Unidades Federadas receberam 24%; Pessoas de 75 a 79 anos dos Estados do Amazonas e Acre – 44.549 (100%); Pessoas de 70 a 74 anos dos Estados do Amazonas (100%) e Acre (3%) – 55.259; Pessoas de 65 a 69 anos do Estado do Amazonas – 82.333 (100%) e Pessoas de 60 a 64 anos do Estado do Amazonas (26% = 29.603), parcialmente.
A população-alvo da Campanha Nacional de vacinação contra a covid-19, mencionada, foi priorizada segundo os critérios de exposição à infecção e de maiores riscos para agravamento e óbito pela doença. O escalonamento desses grupos populacionais para vacinação ocorre conforme a disponibilidade das doses de vacina. O número indicado corresponde ao número de pessoas possíveis de serem vacinadas de acordo com o número de doses já distribuídas para as Unidades Federadas (até a Etapa 5 de distribuição).
Acesse aqui para maiores informações.

Acesse aqui os quantitativos por município dos envios de registros de preenchimento

Acesse aqui para maiores informações.

Nota: Vale destacar que há diferentes cenários nas salas de vacina relacionados com as características tecnológicas disponíveis (informatização e conectividade à internet). Assim sendo, foi estabelecido prazo máximo de até 48 horas para registro/transferência das doses aplicadas no Sistema de Informação, conforme Medida Provisória nº 1.026, de 06 de janeiro de 2021 e Portaria GM/MS Nº 69, de 14 de janeiro de 2021.
Dessa forma, os dados exibidos no Painel Nacional poderão apresentar diferenças em relação aos divulgados pelas Unidades Federadas e Municípios, tendo em vista que nem todos os registros de doses aplicadas chegarão em tempo real.